A MOBILIDADE URBANA UTILIZANDO BICICLETAS

Jorge Rodrigo Assis Moreira, Mateus de Oliveira Mônaco Viana

Resumo


Norteando-se através do crescimento populacional urbano que interferem na densidade demográfica das cidades e nas dificuldades politicas, econômicas e culturais dos governos, este artigo tem como objetivo a analise de conjunto de variáveis que tornam viáveis a oficialização da bicicleta como modal de transporte e viés de acessibilidade aos centros urbanos contribuindo para a mobilidade, saúde e meio ambiente. A participação do poder público na integração real da bicicleta como modal de transporte dos centros urbanos é imprescindível para a implantação e adequação de toda infraestrutura necessária para tal atividade assim como a realização de ações educacionais de toda a população tendo como foco os motoristas em favor da valorização do modal apresentado. O fácil acesso à aquisição por toda população, a isenção de impostos de propriedade e movimentação, os benefícios para a saúde, a flexibilidade para movimentação em pequenos espaços e os impactos ao meio ambiente torna o modal de transporte através da bicicleta uma forma de contribuição para a redução dos congestionamentos, emissão de gases tóxicos, consumo de combustíveis, melhoria da qualidade de vida dos usuários dos transportes e das vias além de influenciar positivamente nos impactos ambientais. O material utilizado para a elaboração deste trabalho foi artigos científicos, revistas e endereços eletrônicos. Assim, trata-se de um estudo bibliográfico, exploratório, descritivo, numa abordagem qualitativa, que tem como objetivo descrever e citar as contribuições dos autores quanto à temática.

Palavras-chave


Bicicleta, modal de transporte, meio ambiente e saúde

Texto completo:

95-102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Faculdade de tecnologia e Ciências, FTC.