MÃES HIV POSITIVAS: ASPECTOS PSICOLÓGICOS DIANTE DA IMPOSSIBILIDADE DE AMAMENTAR E AS AÇÕES DE ENFERMAGEM

Beatriz Andrade Moreira, James Melo SILVA

Resumo


A gravidez é um momento significativo na vida de várias mulheres, ainda mais quando é desejada. Gerando grandes expectativas na mãe, como, a curiosidade de saber com será o crescer da sua barriga, a sensação de ouvir os primeiros batimentos cardíacos, a descoberta do sexo do bebê, o desenvolvimento da criança, a hora do parto e por fim, a amamentação. Porém, algumas vezes, tais expectativas não são vivenciadas devido a determinados fatores, como, por exemplo, a impossibilidade de amamentar, pelo fato da mãe ser HIV positiva. Nesse contexto, diante do que foi exposto, esta pesquisa objetiva conhecer os aspectos psicológicos que norteiam as mães HIV positivas descritos na literatura acerca, da sua impossibilidade de amamentar. O trabalho se trata de uma revisão de literatura, de natureza descritiva, onde foi realizada uma revisão sistemática de artigos retirados da Biblioteca virtual em Saúde (BVS) e nas bases de dados Scientific Electronic Library Online (Scielo), na Literatura Científica e Técnica da América Latina e Caribe LILACS e no Google acadêmicos. Através desta pesquisa, foi possível identificar os sentimentos e as ações de enfermagem referentes a mães portadoras do vírus HIV.

Palavras-chave: Aleitamento materno; Sentimentos; HIV; Amamentação.


Palavras-chave


Aleitamento materno; Sentimentos; HIV; Amamentação

Texto completo:

277-280

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde. 1. ed. rev. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2013. 318 p.: il. – (Cadernos de Atenção Básica, n° 32).

CARTAXO, C.M.B. et al . Gestantes portadoras de HIV/AIDS: Aspectos psicológicos sobre a prevenção da transmissão vertical. Estudos de psicologia, Recife, v.18, n.3, p. 419-427, 2013.

CONTIN, C.L.V. et al. Experiência da mãe HIV positivo diante do reverso da amamentação HU Revista, Juiz de Fora, v. 36, n. 4, p. 278-284, out./dez. 2010. Disponível em: http://hurevista.ufjf.emnuvens.com.br/hurevista/article/viewFile/1172/458. Acesso em: 06 set. 2015.

COSTA, A.M.S., Vieira BDG. Alves VH et al. Cuidado de enfermagem às puérperas soropositivas para o hiv diante da impossibilidade de amamentação natural. J. res.: fundam. care. Online. 2015. abr./jun. 7(2):2310-2322.

GONÇALVES, V.F. et al. Mulheres soropositivas para o HIV: compreensão, sentimentos e vivência diante da maternidade. Revista Brasileira Promocão Saude, Fortaleza, v. 26, n. 2, p. 281-289, 2013.

MACHADO, M.M.T.; BRAGA, M.Q.C.; GALVÃO, M.T.G. Problemas com a mama puerperal revelados por mães soropositivas. Revista Escolar Enfermagem USP, Fortaleza, v.44, n. 1, p. 120-5, 2010.

MARIN, A.H.; NEVES, C.V. A impossibilidade de amamentar em diferentes contextos. Barbarói, Santa Cruz do Sul, n. 38, p. 198-214, 2013.

MORENO, C.C.G.S.; REA, M.F.; FILIPE, E.V. Mães HIV positivo e a não-amamentação. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant. Recife, 6 (2): 199-208, abr. / jun., 2006.

Padoin, S.M.M.; Souza, I.E.O.; Paula, C.C. Cotidianidade da mulher que tem HIV/aids: modo de ser diante da (im)possibilidade de amamentar. Rev Gaúcha Enferm., Porto Alegre (RS) 2010 mar;31(1):77-83. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/9917/8440. Acesso em: 06 set. 2015.

RIBEIRO, V.M. Representações sociais de enfermeiras sobre o aleitamento materno e sua influência nas práticas educativas. 2011. Dissertação de mestrado – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Jequié.

RIGONI, E. et al. Sentimentos de mães portadoras de HIV/Aids em relação ao tratamento preventivo do bebê. PsicoUSF, Itatiba , v. 13, n. 1, jun. 2008 . Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712008000100010&lng=pt&nrm=iso


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Faculdade de tecnologia e Ciências, FTC.